Novo EJA

banner nova eja

1. Reformulação

A reformulação da Educação de Jovens e Adultos (EJA) tem como objetivo aperfeiçoar as práticas educativas da modalidade, bem como:

  • Minimizar a evasão escolar;
  • Otimizar o tempo de escolarização.
  • Colocar a disposição do Estudante da EJA uma modalidade atrativa, onde este sinta-se capaz de vencer os obstáculos do percurso escolar.

 

2. Mudanças na Modalidade

 

3. Organização do Novo EJA

 

4. Funcionamento do Novo EJA

A EJA se faz com jovens e adultos e não para eles, reforçando a ideia de que sua organização e funcionamento sejam incentivadores do atendimento aos estudantes e motivação para permanência e avanço nos estudos. Sendo assim, a reformulação da estrutura e da proposta pedagógica EJA não se refere apenas a característica etária, mas a articulação desta modalidade com a diversidade sociocultural e econômico de seu público.

A fim de atender essa característica a estrutura curricular foi organizada em semestres com carga horária de 400h e oferta de 2 (dois) períodos de ingresso durante o ano, objetivando:

  • Aumentar a oferta por meio de matrículas semestrais;
  • Otimizar o tempo de escolarização da EJA;
  • Minimizar a evasão escolar, assegurando a conclusão de cada etapa e propiciando a continuidade dos estudos;
  • Elevar o número de concludentes da Educação Básica pela EJA;
  • Garantir a celeridade de inserção no mercado de trabalho.

A partir desta organização, a EJA está dividida em 3 (três) segmentos e cada segmento em etapas (vide Quadro 1). A carga horária do 1º segmento corresponde a 1600h, do 2º segmento 1600h e do 3º segmento 1200h, sendo que a estrutura do Ensino Fundamental está contemplada com os componentes curriculares da BNCC e a do Ensino Médio com os componentes curriculares da Formação Geral Básica de acordo com a Lei 13.415/17 (Novo Ensino Médio).

A EJA no Ensino Fundamental 1º segmento será ofertada de forma presencial. O 2º e o 3º segmento serão também presenciais com as seguintes características: aulas em 3 (três) dias semanais, com horários fixos, respeitando o turno oferecido; estudos orientados em 2 (dois) dias semanais, sendo que as atividades realizadas fora do ambiente escolar serão supervisionadas pelos professores de cada componente curricular e a frequência dos alunos contabilizada através das entregas de atividades e trabalhos. Enfatiza-se que toda e qualquer avaliação acontecerá de forma presencial.

 As mudanças na matriz visam ampliar as possibilidades de acesso do público-alvo à modalidade, uma vez que a EJA passa a ser organizada semestralmente e as matrículas ofertadas em dois períodos anuais. As alterações possibilitam uma prática pedagógica mais próxima e mais adequada as reais condições e características dos sujeitos que compõem a EJA, adequando o oferecimento da referida como uma modalidade diferenciada do ensino regular.

Diante desta realidade, a proposta tem um papel vital e deve oportunizar um currículo que tenha como objetivo a formação de um indivíduo dentro da sua integralidade, possibilitando conhecimentos diversos, habilidades, atitudes sociais críticas, criativas e coerentes, contribuindo para o exercício da cidadania plena. Portanto, a SEDUC coloca à disposição dos educadores da EJA um importante instrumento de apoio com a qualidade de referencial que lhe é conferido.